• Jefferson Sarmento

Os imperdoáveis, o filme definitivo de Clint Eastwood sobre o velho oeste


Unforgiven - 1992 Originalmente chamado de The Cut-Whore Killings (Os Esfaqueadores de Prostitutas), o roteiro de Unforgiven chegou às mãos de Clint Eastwood em 1984 com o nome de The William Munny Killings (Os Assassinatos de Wiliam Munny). Clint deixou o roteiro de lado para filmar Pale Rider (O Cavaleiro Solitário) por achar que não tinha idade para ser o protagonista... Oito anos depois trouxe ao mundo o faroeste definitivo. Os Imperdoáveis não é apenas o melhor filme de Clint, mas "O" filme de Clint. Claro que ele será lembrado por Dirty Harry e pelos três faroestes de Sergio Leone, mas este aqui... O filme conta como as prostitutas da cidade de Big Whyskey, no Wyoming, resolvem contratar assassinos profissionais para vingarem-se de dois vaqueiros que cortam o rosto de uma delas. William Munny, ex-pistoleiro com um passado de crimes hediondos e cruéis, aceita o emprego oferecido por um jovem aprendiz de assassino e segue para cumprir o contrato com a ajuda de seu velho parceiro Ned. É um filme lento, denso, forte e despido de esperanças. É como se o Estranho Sem Nome de todos os outros filmes de Clint no velho oeste estivesse de volta, aposentado, redimido de seus crimes em nome do amor... Mas o amor nunca é suficiente para o mundo. Não há heróis no filme. Cada personagem é coberto de humanidade da cabeça aos pés. É claro que torcemos para William Munny, mas é impossível não tremer com a frase final de Gene Hackman, deitado no chão do bar: - Eu não mereço isso! Morrer Assim! Eu estou construindo uma casa! - Merecer não tem nada a ver com isso- Munny grunhe. Clint ganhou o Oscar de melhor filme e Morgan Freeman o de ator coadjuvante. Inexplicavelmente, a academia não deu a ele o de melhor diretor e/ou ator. O que posso dizer é que Os Imperdoáveis é perfeito e real em sua crueza e simplicidade.

(A resenha de Os Imperdoáveis foi originalmente publicada na Maratona Clint Eastwood - sim, assisti a todos os filmes do sujeito, de cabo a rabo e em ordem cronológica. Se quiser dar uma espiada em algum, pesquise no álbum: https://www.facebook.com/jefferson.sarmento/media_set?set=a.727551260594977.1073741827.100000203282986&type=3)

#Filmes #Resenhadefilmes #Balaiodegato #JeffersonSarmento #Osimperdoáveis #ClientEastwood

9 visualizações

© 2020 Jefferson Sarmento